Atenção:

Este Blog está encerrado

Darei continuidade aos Trabalhos, textos e atendimentos pelo Blog:


Obrigado, muita paz e luz e desculpe o transtorno !
Conheça, solicite:

Siga Despertar de Gaia no Facebook

Translate this Blog

7 de fev de 2013

O magnetismo humano durante o Carnaval


Quando adentramos em um ambiente qualquer, e durante a nossa permanência neste local, o nosso campo magnético estará interagindo com o campo magnético daquele lugar e, desta forma, acorre uma influência mútua magnética entre a energia do local e a nossa energia interna. 

Caso o campo magnético daquele local for predominantemente positivo e potente, em se tratando do nosso campo magnético, a influência dele será saudável. Caso contrário, se o campo magnético daquele local for predominantemente negativo e potente, a influência dele será nociva. 

O que determina se o Campo eletromagnético de um ambiente é nocivo ou não para nós, é o padrão vibracional em que nos encontramos.

Quando analisamos a energia do Carnaval, observando-o apenas do ponto de vista do Magnetismo Humano, ou seja, não levando em consideração toda e qualquer análise ética, moral e religiosa, é o caso de utilizarmos a nossa imaginação: 


Imagine um ambiente ou uma situação constituída por milhares de pessoas que foliam e dançam freneticamente, bem próximas umas das outras, com trajes bem curtos, “focadas” em um estilo musical e em danças extremamente sensuais e provocantes, regadas a litros e litros de bebidas alcoólicas, muitas delas aproveitando esse clima propício para exteriorizarem suas necessidades, vontades, carências, traumas e até suas violências e taras. 

Imaginou? Agora imagine que tipo de campo eletromagnético este ambiente ou situação cria.

E se você acredita em espíritos, levando em consideração que a nossa "companhia" de desencarnados também é determinada pela Lei da Atração (atraímos aquilo que vibramos), pergunto-lhes: 

Que tipos de desencarnados são atraídos para este tipo de ambiente ou situação? Quantos milhares desses desencarnados estão ali, próximos dos encarnados, usufruindo daquele ambiente que eles tanto adoram?

Convenhamos que se a maioria das pessoas que brincam no Carnaval - principalmente em multidões de milhares de pessoas - estivessem apenas dançando e exteriorizando suas alegrias, a polaridade do campo eletromagnético seria totalmente outra. 

A realidade seria proporcionalmente oposta e tanto os campos magnéticos destes ambientes quanto o nível evolutivo dos desencarnados presentes seriam assaz construtivos. 

Criamos a nossa realidade externa através da nossa Realidade Interna e esta Realidade Interna define aquilo que entrará em contato com nossas vidas.

Você pode estar pensando que este não é o seu caso, que você brinca o carnaval de maneira consciente, sadia e tranqüila, mantendo equilibradas e construtivas as suas energias internas. Quando há uma disputa energética, a energia vencedora deste “combate” é sempre a mais POTENTE


Desta forma as nossas energias durante esse período estarão totalmente envolvidas por energias extremamente “nocivas” que são muito mais potentes que as nossas, pois serão produzidas pelas milhares de pessoas que, ao nosso redor, brincam o Carnaval de maneira extremamente oposta à nossa.

O nosso Campo Eletromagnético REAGE sempre de acordo com o ambiente à nossa volta ou a uma situação qualquer. Quando duas energias são antagônicas, elas se repelem mutuamente (amor e ódio). 

Entretanto, quando estas energias antagônicas são obrigadas a conviver no mesmo ambiente, por um grande período de tempo, como sistema de defesa, a nossa organização eletromagnética começa a se adaptar a este padrão energético que nos está sendo imposto, fazendo com que o nosso padrão seja compatível com estas energias. 

Como vimos antes, não importa se a energia é positiva ou negativa, em uma disputa energética sempre vencerão as energias “mais fortes”.

Em se tratando do carnaval, por mais positivo e potente que seja a nossa energia interna, caso estejamos em um ambiente que é continuamente alimentado pelas vibrações desequilibradas e extremamente fortes de milhares de pessoas encarnadas e desencarnadas ao nosso redor que estão brincando o carnaval de maneira “destrutiva”, não teremos chance alguma de vencer esta batalha energética.

Você deve estar se perguntando: Mas será que meus Mestres Espirituais não atuam durante o carnaval? Claro que sim. 

A atuação de nossos Mestres Espirituais durante esse período é imprescindível, mas será que estaremos em um padrão vibracional aceitável para receber este auxílio? 

Só entramos em contato com aquilo que vibramos! Numa DISPUTA energética, tanto a energia mais forte, vencedora, quanto a energia perdedora deste combate, sofrerão desgastes energéticos proporcionais aos esforços necessários e suficientes para vencer a energia ou o campo magnético adversário.

Este artigo não é uma campanha CONTRA o Carnaval e sim uma campanha a favor de um carnaval consciente. 

Seja consciente, eleve a sua alegria durante este período, seja consciencioso de seus atos. Lembre-se: você é a forma que se relaciona com o mundo à sua volta. Relacione-se com equilíbrio e será o próprio equilíbrio.

Fonte: www.phatae.com

...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do post ? Comente !

O visitante tem liberdade para se expressar sobre os temas ou assuntos publicados neste Blog, porém não serão aceitos:

1. Comentários considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante;

2. Comentários que, por sua publicação repetitiva, tenham a intenção de “boicotar” o tema em foco;

3. Comentários referentes a artigos reproduzidos de outras fontes e direcionados aos autores, bem como não serão reencaminhados à fonte original, sempre citada no blog.

4. Comentários contendo Links promocionais de sites ou blogs.

5. Comentários Anônimos.

Obrigado ! Paz e Luz

...

Licença Creative Commons

Esta licença permite a redistribuição e o uso para fins comerciais e não comerciais,
contanto que a obra seja redistribuída sem modificações e completa,
e que os créditos sejam atribuídos ao autor
Creative Commons Atribuição-SemDerivações 4.0 Internacional